Confira os minicursos disponíveis

Descrição:
O objetivo do minicurso é abordar conceitos básicos das interações entre a influencia do padrão de sono e dos distúrbios do sono no comportamento motor, levando em consideração as respostas relacionadas ao exercício físico, tanto em forma de qualidade de vida, quanto de performance.

Conteúdo:
1. Aspectos gerais do sono e distúrbios do sono;
2. Formas de avaliação;
3. Influência do sono e distúrbios do sono no comportamento motor da população geral e de atletas.

Ministrantes: 

Andrea Maculano Esteves – UNICAMP - Faculdade de Ciências Aplicadas; 
Beatriz Franco - UNICAMP - Faculdade de Educação Física; 
Matheus Gomes – UNICAMP - Faculdade de Ciências Aplicadas; 
Milca Abda – UNICAMP - Faculdade de Ciências Aplicadas;

Data: 15/08/2018
Horário: 09h00 às 12h00

Carga Horária: 3

Vagas Disponíveis: 16

ADICIONAR

Descrição
O comportamento do olhar representa a busca ativa da informação visual relevante para o controle das habilidades motoras. A obtenção de dados espaciais e temporais da movimentação dos olhos possibilita a investigação dos aspectos relevantes da informação visual, mecanismos perceptivos e estratégias de controle visual durante as ações motoras. Assim, o presente minicurso tem o objetivo de apresentar as principais características do comportamento do olhar e a importância da informação visual no controle das ações motoras. Além disso, serão esclarecidas as principais dúvidas sobre o registro dos movimentos dos olhos. Inicialmente, uma breve descrição da anatomia neurofuncional do sistema visual será apresentada e os diversos tipos de movimento dos olhos serão definidos. Os principais achados sobre as estratégias de busca visual empregada em contextos esportivos e da vida diária, como na locomoção, serão colocadas em foco. Finalmente, a técnica de rastreamento ocular será descrita desde os conceitos teóricos até a aplicação à pesquisa e à prática. Será́ abordado a colocação e ajustes do equipamento, o procedimento de calibração e a aquisição de dados. Ainda, será realizada uma coleta de dados de demonstração, com o passo-a-passo da aquisição e análise dos dados. As principais variáveis e suas possíveis interpretações também serão discutidas.

Conteúdo

Teórico:
1. Anatomia neurofuncional do sistema visual;
2. Importância da informação visual para o controle das ações motoras;
3. Integração sensorial e tipos de movimentos dos olhos;
4. Rastreamento do movimento dos olhos aplicado à pesquisa e à prática
Prático:
1. Ajustes do equipamento;
2. Calibração da pupila e do ambiente;
3. Software: aquisição e análise dos dados;
4. Principais variáveis e possíveis interpretações;

Ministrantes: 

Fabio Augusto Barbieri - UNESP – Bauru – Laboratório de Pesquisa em Movimento Humano (MOVI-LAB) – Departamento de Educação Física; 
Sérgio Tosi Rodrigues - UNESP – Bauru – Laboratório de Informação, Visão e Ação (LIVIA) – Departamento de Educação Física; 
Gisele Chiozi Gotardi - UNESP – Bauru – Laboratório de Informação, Visão e Ação (LIVIA) – Departamento de Educação Física; 
Aline Prieto de Barros Silveira - UNESP – Bauru – Laboratório de Pesquisa em Movimento Humano (MOVI-LAB) – Departamento de Educação Física; 
Tiago Penedo - UNESP – Bauru – Laboratório de Pesquisa em Movimento Humano (MOVI-LAB) – Departamento de Educação Física;

Data: 15/08/2018
Horário: 09h00 às 12h00

Carga Horária: 3

Vagas Disponíveis: 10

ADICIONAR

Descrição
Capacitar profissionais da Saúde e Educação na identificação dos grupos de risco (neurológico e social) no ensino regular e especial, viabilizando possibilidades de avaliação contínua e intervenção motora. O curso possibilitará aos alunos um conhecimento sobre avaliação do desenvolvimento da criança

Conteúdo
1. Teoria e prática sobre a “Escala de Desenvolvimento Motor – EDM” em escolares da Educação Infantil, Ensino Fundamental e Educação Especial, conhecendo assim, as diferentes facetas do desenvolvimento infantil e sua aplicabilidade
2. Estudo de casos clínicos
3. Aplicação em populações de risco (social e neurológico); transtornos mentais, transtornos neurológicos e outros
4. Interpretação do protocolo de avaliação motora
5. Vivência com o método – aula prática


Ministrantes:
Francisco Rosa Neto – UDESC - Santa Catarina - Centro de Ciências da Saúde

Data: 15/08/2018
Horário: 09h00 às 12h00

Carga Horária: 3

Vagas Disponíveis: 0

Descrição
Nossos dados experimentais podem conter informações que só se revelam com as ferramentas adequadas. Este minicurso tem como objetivo introduzir uma dessas ferramentas: o software R. O R tem sido amplamente utilizado na análise de dados científicos, em razão de sua flexibilidade e da rapidez com que novas ferramentas ficam disponíveis. Atualmente, um conjunto de funções contido no pacote ‘tidyverse’ tem recebido muita atenção, em razão de facilitar e tornar mais ágil o trabalho com dados, desde sua organização até a comunicação gráfica dos resultados obtidos. Este minicurso é organizado em dois momentos. O primeiro consiste em uma breve introdução à aprendizagem motora, na qual serão apresentadas algumas características desse fenômeno, bem como delineamentos experimentais e medidas de desempenho mais comuns na sua investigação. O segundo, no qual se concentra a maior parte do minicurso, será organizado como uma oficina, na qual os participantes praticam as funções que permitem importar dados para o R, organizá-los e principalmente, apresentá-los visualmente. A estrutura da oficina foi pensada para enfatizar a visualização gráfica de dados buscando evitar, na medida do possível, conteúdo sobre lógica de programação. Além disso, os dados utilizados no minicurso simulam dados comportamentais obtidos num experimento sobre aprendizagem motora, possibilitando aos participantes ver como os recursos abordados se aplicam a questões reais.

Conteúdo
1. Breve introdução à aprendizagem motora – enquanto fenômeno – e delineamentos experimentais mais comuns numa abordagem comportamental.
2. Como calcular e interpretar medidas comportamentais de erro: erro absoluto, constante e variável.
3. A interface Rstudio para trabalhar com R.
4. Funções modernas para importar, organizar e explorar dados comportamentais em R: tidyverse.
5. Como um gráfico é organizado, ou gramática dos gráficos.
6. Exploração de dados comportamentais em aprendizagem motora usando o tidyverse.


Ministrantes:
Flavio Henrique Bastos – USP – São Paulo - Laboratório de Comportamento Motor – Escola de Educação Física e Esporte

Data: 15/08/2018
Horário: 09h00 às 12h00

Carga Horária: 3

Vagas Disponíveis: 15

ADICIONAR

Descrição:
This course will give an overview of the current trends and new features available in movement analysis technologies.  We will begin with an review of the currently available hardware and software for motion capture.  A live demonstration with a subject will show the standard workflow and also highlight ways to incorporate custom data collection devices and modeling calculations.  In additional to optical motion capture cameras, integration with EMG, force plates, and inertial measurement units (IMUs) will be discussed.  This interactive workshop will encourage attendee participation and questions and promote open discussion.  This course is appropriate for anyone interested in knowing more about the current state of movement analysis technology.  While we will prepare examples ahead of time that focus on applications of this technology related to the fields of motor control, gait, and sports analysis, we welcome discussion on other uses of the technology.


Ministrantes:
Amy August - Vicon Motion Systems Inc. 
Robson Cassefo – APAMED

Data: 15/08/2018
Horário: 14h00 às 17h00

Carga Horária: 3

Vagas Disponíveis: 25

ADICIONAR

Descrição
Processamento de sinais sobre o movimento humano é necessário para adequar os dados coletados (cinemática, cinética, eletromiografia e outros sinais eletrofisiológicos) em um experimento para extrair a informação necessária para responder uma pergunta de pesquisa. O objetivo deste minicurso é mostrar e explicar as principais ações para preparar os sinais brutos de cinemática, cinética e eletromiografia para desenvolver análises discretas e de séries temporais. Apresentarei como diferentes ferramentas usadas pela abordagem dos sistemas dinâmicos podem servir para compreender as estruturas de controle e coordenação do movimento humano.

Conteúdo
1. Filtragem, alisamento, interpolação de dados biomecânicos
2. Obtenção de parâmetros discretos por meio programação científica
3. Análise de séries temporais e no domínio de frequência: semelhança e coordenação
4. Sistemas dinâmicos: medidas de variabilidade, estabilidade e complexidade


Ministrantes:
Luis Mochizuki – USP – Leste – São Paulo - Escola de Artes, Ciências e Humanidades

Data: 15/08/2018
Horário: 14h00 às 17h00

Carga Horária: 3

Vagas Disponíveis: 0

Descrição
Pesquisas das últimas duas décadas sugerem que o córtex cerebral é mais ativo durante o andar do que previamente descrito na literatura. Além disso, alterações na atividade do córtex cerebral têm sido associadas a comprometimentos do andar em idosos e em diferentes populações clínicas. Tal conhecimento pode subsidiar o desenvolvimento de intervenções que tenham o córtex cerebral como alvo. Por isso, o registro da atividade cortical durante o andar faz-se importante. Os equipamentos de espectroscopia funcional de luz próxima ao infravermelho (fNIRS) oferecem esta possibilidade por meio da avaliação de mudanças na oxigenação tecidual. Os objetivos deste minicurso serão: (i) apresentar o histórico e os princípios da fNIRS; (ii) apresentar e discutir aspectos metodológicos de estudos que empregam fNIRS em tarefas locomotoras; (iii) apresentar e discutir uma síntese das evidências existentes sobre a temática.

Conteúdo
1. Histórico e princípios da fNIRS
2. Aspectos metodológicos para o uso de fNIRS em tarefas locomotoras
3. Evidências dos estudos envolvendo fNIRS sobre a ativação cortical durante o andar


Ministrantes:
Rodrigo Vitório - UNESP - Rio Claro - Laboratório de Estudos da Postura e da Locomoção; Newcastle University - Brain and Movement Research Group - Institute of Neuroscience;
Diego Orcioli-Silva - UNESP - Rio Claro - Laboratório de Estudos da Postura e da Locomoção;
Victor Spiandor Beretta - UNESP - Rio Claro - Laboratório de Estudos da Postura e da Locomoção

Data: 15/08/2018
Horário: 14h00 às 17h00

Carga Horária: 3

Vagas Disponíveis: 11

ADICIONAR

Descrição
Neste curso pretende-se abordar conceitos da Aprendizagem Motora e sua aplicabilidade na intervenção profissional da reabilitação. A aprendizagem motora será apresentada como pano de fundo para respaldar algumas das intervenções dos profissionais de educação física e fisioterapia com indivíduos adultos ou idosos com lesão neurológica. Pretende-se apresentar e discutir os fatores que afetam a aprendizagem motora de adultos e idosos com lesão neurológica, apresentando como o profissional pode manipular tais fatores, a partir das evidências científicas dos estudos com sujeitos saudáveis e com lesão neurológica.

Conteúdo
1. Aprendizagem Motora - fenômeno
2. Fatores que afetam a aprendizagem motora
3. Fatores psicossociais envolvidos na aprendizagem motora
4. Resultados dos estudos de aprendizagem motora em pacientes com AVC e Doença de Parkinson
5. Implicações para a prática profissional


Ministrantes:
Camila Torriani-Pasin - USP – São Paulo - Laboratório de Comportamento Motor – Escola de Educação Física e Esporte
Gisele Carla dos Santos Palma - USP – São Paulo - Laboratório de Comportamento Motor – Escola de Educação Física e Esporte
Tatiana Beline de Freitas – USP – São Paulo - Laboratório de Comportamento Motor – Escola de Educação Física e Esporte

Data: 15/08/2018
Horário: 14h00 às 17h00

Carga Horária: 3

Vagas Disponíveis: 0

IX Congresso Brasileiro de Comportamento Motor

Venha participar de um dos melhores eventos desta área.